E
  • Analista de Desenvolvimento de Sistemas

Edu Rc

Rio de Janeiro (RJ)
33seguidores0seguindo
Entrar em contato

Sobre mim

Edu R

Comentários

(2.367)
E
Edu Rc
Comentário · anteontem
"A questão do grande número de encarceramentos de excedentes sociais e da população vulnerável sempre foi discutida em Criminologia."
-> Parece até que foram presos por ser "excedente social" (seja lá o que isto signifique) ou "vulnerável", não por ter cometido crime. Deixa dizer, não há encarceramentos em massa no Brasil, na verdade, dado o número de crimes dá para afirmar: há encarceramento de menos. Um país onde menos de 10% dos assassinatos são resolvidos, logo 90% nem mesmo são descobertos, podemos dizer: a quase totalidade dos assassinos estão na rua, imagina de assaltantes...

O pobre comete crime contra o patrimônio e a vida, por que quando optaram pelo crime, estes são os possíveis a cometer. Oras, quando a pessoa DECIDE pelo crime, vai optar pelo qual é possível obter lucro E precisa, necessariamente, estar dentro do roll de possibilidades. Quais as chances de uma pobre fazer desvio de dinheiro? Ou de fraudar contratos? Um marginal pobre CERTAMENTE prefere desviar dinheiro, pois o valor obtido será absurdamente maior do que batendo carteiras e roubando celulares, mas não o faz pelo simples fato da impossibilidade.

Má regulação do mercado aberto? Sério mesmo?? Os melhores produtos e serviços vem justamente dos mercados MENOS regulados. Há infinitamente mais mercados, lojas de roupas, lanchonetes do que bancos, telefonia, planos de saúde. A diferença? Órgãos reguladores nestas últimas.

A corrupção SEMPRE parte do lado político. SEMPRE. Como? Oras, ao fazer uma licitação, quem tem poder de barganha? O que é mais factível de acontecer:

A) Um empresário meter o pé na porta da Petrobrás e falar "aqui fulano, você precisa aceitar 5% de propina, senão a obra não vai adiante".
B) A Petrobrás, exigir 5% de propina sob pena de não haver contrato ou pior, não haver pagamento pelo que já foi executado.

Veja, o empresário que cede está errado e deve ser duramente punido. Mas a pergunta acima demonstra com clareza solar: Corrupção nasce exclusivamente da mão do Estado. Se o país quer mesmo MENOS corrupção, deve exigir MENOS Estado.

Recomendações

(10)
Hyago de Souza Otto, Auxiliar de Judiciário
Hyago de Souza Otto
Comentário · há 2 anos
A onda de coitadismo está ganhando força. Uma pena que não existam mais feministas como Camille Paglia. Todo mundo está sujeito a críticas na nossa sociedade (e que nem sempre procedem). Ao mesmo tempo que mulheres são chamadas assim por alguns poucos idiotas, há quem taxe os homens de estupradores, de opressores, de insensíveis, de violentos, etc. etc.
Utilizam-se frases de pessoas anônimas para fundamentar um suposto preconceito, que ainda que existente em alguns poucos aspectos, é extremamente inflado para legitimar uma "revolução social". É natural, os conflitos são inerentes ao convívio humano e há sempre quem se aproveite disso como um meio para a obtenção de seus objetivos.
Se homens e mulheres são tão iguais, o Estado não tem o dever de fazer nada para equilibrar nada. A igualdade pressupõe o equilíbrio.
Como exemplo, utilizemos duas premissas: a mulher rende exatamente o mesmo que um homem e segue as mesmas carreiras; o empresário objetiva apenas o lucro,
Logo, não há motivo para eles receberem diferentes remunerações, como é pregado. Caso contrário, valeria a pena para o empregador contratar apenas mulheres e reduzir o custo de produção. A não ser que eles exerçam diferentes funções, tenham um tempo de experiência diferente, ou não rendam a mesma coisa.
Mulheres são tão vítimas de violência quanto homens no Brasil. A diferença é que uma é hipossuficiente no aspecto físico, o outro não. Por isso, aquela é mais tendente a ser subjugada, abusada. Para isso, a liberação do porte de armas de fogo seria muito bom, pois a bala de uma mulher tem o mesmo efeito da bala de um homem.

Perfis que segue

Carregando

Seguidores

(33)
Carregando

Tópicos de interesse

(9)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como Edu

Carregando

Edu Rc

(21) 98736-90...Ver telefone

Entrar em contato